Ex-prefeito de Mauá tem candidatura indeferida

Imagem: Reprodução

Donisete Braga é o segundo político a ter a candidatura indeferida nessas eleições, Vanessa Damo também passa por essa situação

A situação se deu por decisão do juiz Marcos Alexandre Santos Ambriogi, da 217ª vara eleitoral, que levantou inconsistências nas documentações do PROS, partido que faz parte da coligação “Experiência para fazer mais e melhor”. O juiz também pontuou que o partido sequer conseguiu provar que os candidatos a vereador pela sigla estão filiados.

Parte da sentença descrita por decisão do juiz diz: “De início observo que o partido PROS em questão já apresentou problemas no que toca a formação coligação”, “Diante do exposto, indefiro o DRAP, ficando indeferido, por consequência, os pedidos de registros a ele vinculados”.

Donisete foi prefeito na cidade durante os anos de 2012 a 2016, e tenta novamente representar Mauá. Em nota nas redes sociais, a coordenação geral da campanha diz que “Um problema administrativo de um partido coligado (PROS) deverá fazer com que este tenha que sair da coligação. Já estamos oficializando a saída do PROS da coligação para darmos continuidade ao trabalho da campanha do Donisete 12 com todos os pré-requisitos exigidos pela lei”. Ressaltamos que ainda cabe recurso ao candidato.